Av. Nossa Sra. de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ | +55 (21) 2545-2599 | +55 (21) 98420-3655 | | App:

O que fazer em Whistler: guia para o verão e o inverno

De uma energia única e beleza encantadora, Whistler é uma das cidades que não podem faltar no roteiro de quem pretende visitar o Canadá. O destino é muito procurado no inverno pelos praticantes de esqui e snowboard, já que abriga a maior estação de esqui da América do Norte. Não por acaso, foi sede das Olimpíadas de Inverno de 2010. No entanto, há muito mais o que fazer além do esqui em Whistler, tanto no inverno, quanto no verão. Por isso, preparamos um guia com as principais atrações da cidade para você colocar na sua programação.

Primeiro passo: como chegar em Whistler

Carro

A cidade fica a uma hora e meia de Vancouver de carro. Para quem gosta de pegar a estrada, alugar um carro pode ser uma opção interessante. Além disso, a viagem de carro até Whistler proporciona belíssimas paisagens pelo caminho, garantindo ótimos registros para guardar de lembrança ou postar nas redes sociais. 

Hidroavião

Mas se você quer poupar tempo, o hidroavião é a melhor opção. Uma vez que a viagem de hidroavião dura apenas 35 minutos, você terá muito mais tempo para aproveitar as atividades durante o dia. Quanto ao custo, a passagem custa em média 180 dólares canadenses.

Transfer ou Ônibus

Já os ônibus ou transfers são as melhores opções para quem estiver carregando equipamento de esqui, snowboard ou bagagem e não quiser (ou puder) alugar um carro. Como são mais espaçosos, os ônibus garantem uma viagem tranquila com tudo o que você precisar transportar. A duração média da viagem é de 1h50 e o preço da passagem varia de 23 a 66 dólares canadenses.

O que fazer em Whistler

No inverno

Passeio de Snowmobile

Em primeiro lugar, está o Whistler Snowmobile Tours. Sem dúvida, essa é uma das atividades mais divertidas e emocionantes do local e não pode faltar no seu roteiro. E se engana quem pensa que só atletas experientes ou jovens podem praticar, já que o serviço contempla diferentes níveis de habilidades com o equipamento. Assim, é possível que iniciantes e pessoas de diferentes faixas etárias possam fazer o passeio. Além disso, o Whistler Snowmobile Tours também oferece a opção de passeios em grupos, para quem está fazendo uma excursão ou viagem em grupo com família e amigos. 

Heli-Skiing e Snowboarding

Diferentemente do Snowmobile, o Heli-Skiing é uma forma um pouco menos eletrizante de conhecer as belezas naturais da região. Isso porque é um passeio de helicóptero que oferece uma visão panorâmica das montanhas e da cidade. Por outro lado, quem opta por descer do helicóptero para fazer a descida de snowboard tem que estar preparado para viver uma das sensações mais emocionantes da vida.

Os pacotes são adaptados de acordo com as necessidades de cada visitante e as atividades são realizadas em grupos, que também são formados com base na habilidade de cada um com o snowboard. Além disso, o pacote inclui acompanhamento de guia e equipamentos de segurança. Por isso, não tenha medo de arriscar caso seja a sua primeira vez esquiando.

esqui-em-whistler O esqui é uma das principais atividades para fazer em Whistler no inverno.

Leia mais:

Patinar no Gelo

Também na lista de esportes mais leves, mas igualmente divertidos, está a patinação no gelo. Essa é uma das atividades mais interessantes e acessíveis para se praticar em Whistler no inverno, já que pode ser feita ao ar livre nas camadas de gelo que se formam nos lagos. Outra possibilidade é patinar na Whistler Olympic Plaza ou indoor, no Meadow Park. O Meadow Park nada mais é que um centro esportivo com uma excelente pista para patinação no gelo. Ele fica aberto diariamente e as atividades são gratuitas, o único custo é com o aluguel do equipamento que custa cerca de 6 dólares canadenses.

Relaxar o corpo no SPA

Procurando o que fazer em Whistler antes ou depois de desfrutar de toda a adrenalina dos esportes radicais? Então você precisa adicionar uma sessão no Scandinavian Baths and Spa, um spa especializado em técnicas nórdicas de relaxamento do corpo e da mente. Resumidamente, a técnica consiste em ficar em um ambiente quente, como uma sauna, por cerca de 10 minutos e depois mergulhar em uma piscina gelada por 30 segundos. Após o mergulho, você pode relaxar em temperatura ambiente por até 30 minutos. 

spa-whistler
SPA escandinavo em Whistler. (Foto: Reprodução/Instagram)

Esquiar

Por último, mas não menos importante, está o esqui. Ainda que você esteja procurando outras atividades, o esqui em Whistler não pode faltar na sua lista. Afinal de contas, as pistas de esqui são as maiores atrações da cidade e todo turista que se preza deve colocar este esporte emocionante na sua lista de coisas para fazer em Whistler.

No Verão

Tirolesa

Se você vai para Vancouver no verão e está procurando o que fazer em Whistler nessa época do ano, a tirolesa é uma experiência única, que vale a pena ser vivida. O contato com a natureza e a visão deslumbrante dos riachos, cachoeiras, florestas e montanhas são o ponto alto do passeio. Naturalmente, os preços variam de acordo com o trecho escolhido e há exigência de idade e pesos mínimos para fazer a tirolesa.

Lost Lake

Há 20 minutos de Whistler, o Lost Lake é um lago calmo e muito bonito onde é possível nadar e fazer diversas atividades ao ar livre. A região é muito visitada por moradores locais e também por turistas em busca de um ambiente tranquilo para ler ou fazer um piquenique.

lost-lake-whistler
Lost Lake, Whistler.

Peak 2 Peak

Similarmente ao esqui, o teleférico Peak 2 Peak é um dos principais símbolos de Whistler e uma das atividades mais procuradas pelos turistas, já que é ele que faz a ligação entre as montanhas Blackcomb e Whistler. O Peak 2 Peak é conhecido por ter um dos trechos mais longos do mundo (3km) e ser o primeiro teleférico a ligar duas montanhas. Em média, o passeio dura de 3 a 4 horas e sai por preços a partir de 53 dólares canadenses. É possível ter informações mais detalhadas sobre ingressos e preços no site oficial da cidade ou com o seu agente de viagens.

O que fazer em Whistler além dos esportes radicais

Tanto no verão, quanto no inverno, visitar o centro é uma ótima opção para quem procura o que fazer em Whistler além dos esportes radicais e passeios nas montanhas. O centro da cidade é bastante pequeno e pode ser percorrido a pé. Lá, você encontrará diversas opções de restaurantes, que servem de pratos simples e baratos até opções mais caras e sofisticadas. Vale a pena experimentar os drinks do El Furniture Warehouse e fazer uma refeição completa no Old Spaghetti Factory.

Qual a melhor época para visitar Whistler?

A escolha da época para visitar vai depender do tipo de atividades que você pretende fazer. Para quem é fã e praticante de esportes de inverno, a época ideal é o inverno, entre novembro e abril. No entanto, é importante ficar atento ao fato de que o inverno é alta temporada em Whistler. Então, caso essa seja a sua escolha, esteja preparado para encontrar uma grande quantidade de turistas na região. Mas se você prefere fazer compras, experimentar a gastronomia local e curtir atividades leves ao ar livre, o verão pode ser a melhor opção de época para viajar.

Agora que você já sabe o que fazer em Whistler e qual a melhor época para visitar a cidade, que tal ver mais dicas nas nossas redes sociais? Siga Mar-Tha Rio no Instagram e no Facebook.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap