Av. Nossa Sra. de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ | +55 (21) 2545-2599 | +55 (21) 98420-3655 | | App:
o-que-fazer-em-whistler-1

O que fazer em Whistler: guia para o verão e o inverno

De uma energia única e beleza encantadora, Whistler é uma das cidades que não podem faltar no roteiro de quem pretende visitar o Canadá. O destino é muito procurado no inverno pelos praticantes de esqui e snowboard, já que abriga a maior estação de esqui da América do Norte. Não por acaso, foi sede das Olimpíadas de Inverno de 2010. No entanto, há muito mais o que fazer além do esqui em Whistler, tanto no inverno, quanto no verão. Por isso, preparamos um guia com as principais atrações da cidade para você colocar na sua programação.

Primeiro passo: como chegar em Whistler

Carro

A cidade fica a uma hora e meia de Vancouver de carro. Para quem gosta de pegar a estrada, alugar um carro pode ser uma opção interessante. Além disso, a viagem de carro até Whistler proporciona belíssimas paisagens pelo caminho, garantindo ótimos registros para guardar de lembrança ou postar nas redes sociais. 

Hidroavião

Mas se você quer poupar tempo, o hidroavião é a melhor opção. Uma vez que a viagem de hidroavião dura apenas 35 minutos, você terá muito mais tempo para aproveitar as atividades durante o dia. Quanto ao custo, a passagem custa em média 180 dólares canadenses.

Transfer ou Ônibus

Já os ônibus ou transfers são as melhores opções para quem estiver carregando equipamento de esqui, snowboard ou bagagem e não quiser (ou puder) alugar um carro. Como são mais espaçosos, os ônibus garantem uma viagem tranquila com tudo o que você precisar transportar. A duração média da viagem é de 1h50 e o preço da passagem varia de 23 a 66 dólares canadenses.

O que fazer em Whistler

No inverno

Passeio de Snowmobile

Em primeiro lugar, está o Whistler Snowmobile Tours. Sem dúvida, essa é uma das atividades mais divertidas e emocionantes do local e não pode faltar no seu roteiro. E se engana quem pensa que só atletas experientes ou jovens podem praticar, já que o serviço contempla diferentes níveis de habilidades com o equipamento. Assim, é possível que iniciantes e pessoas de diferentes faixas etárias possam fazer o passeio. Além disso, o Whistler Snowmobile Tours também oferece a opção de passeios em grupos, para quem está fazendo uma excursão ou viagem em grupo com família e amigos. 

Heli-Skiing e Snowboarding

Diferentemente do Snowmobile, o Heli-Skiing é uma forma um pouco menos eletrizante de conhecer as belezas naturais da região. Isso porque é um passeio de helicóptero que oferece uma visão panorâmica das montanhas e da cidade. Por outro lado, quem opta por descer do helicóptero para fazer a descida de snowboard tem que estar preparado para viver uma das sensações mais emocionantes da vida.

Os pacotes são adaptados de acordo com as necessidades de cada visitante e as atividades são realizadas em grupos, que também são formados com base na habilidade de cada um com o snowboard. Além disso, o pacote inclui acompanhamento de guia e equipamentos de segurança. Por isso, não tenha medo de arriscar caso seja a sua primeira vez esquiando.

esqui-em-whistler O esqui é uma das principais atividades para fazer em Whistler no inverno.

Leia mais:

Patinar no Gelo

Também na lista de esportes mais leves, mas igualmente divertidos, está a patinação no gelo. Essa é uma das atividades mais interessantes e acessíveis para se praticar em Whistler no inverno, já que pode ser feita ao ar livre nas camadas de gelo que se formam nos lagos. Outra possibilidade é patinar na Whistler Olympic Plaza ou indoor, no Meadow Park. O Meadow Park nada mais é que um centro esportivo com uma excelente pista para patinação no gelo. Ele fica aberto diariamente e as atividades são gratuitas, o único custo é com o aluguel do equipamento que custa cerca de 6 dólares canadenses.

Relaxar o corpo no SPA

Procurando o que fazer em Whistler antes ou depois de desfrutar de toda a adrenalina dos esportes radicais? Então você precisa adicionar uma sessão no Scandinavian Baths and Spa, um spa especializado em técnicas nórdicas de relaxamento do corpo e da mente. Resumidamente, a técnica consiste em ficar em um ambiente quente, como uma sauna, por cerca de 10 minutos e depois mergulhar em uma piscina gelada por 30 segundos. Após o mergulho, você pode relaxar em temperatura ambiente por até 30 minutos. 

spa-whistler
SPA escandinavo em Whistler. (Foto: Reprodução/Instagram)

Esquiar

Por último, mas não menos importante, está o esqui. Ainda que você esteja procurando outras atividades, o esqui em Whistler não pode faltar na sua lista. Afinal de contas, as pistas de esqui são as maiores atrações da cidade e todo turista que se preza deve colocar este esporte emocionante na sua lista de coisas para fazer em Whistler.

No Verão

Tirolesa

Se você vai para Vancouver no verão e está procurando o que fazer em Whistler nessa época do ano, a tirolesa é uma experiência única, que vale a pena ser vivida. O contato com a natureza e a visão deslumbrante dos riachos, cachoeiras, florestas e montanhas são o ponto alto do passeio. Naturalmente, os preços variam de acordo com o trecho escolhido e há exigência de idade e pesos mínimos para fazer a tirolesa.

Lost Lake

Há 20 minutos de Whistler, o Lost Lake é um lago calmo e muito bonito onde é possível nadar e fazer diversas atividades ao ar livre. A região é muito visitada por moradores locais e também por turistas em busca de um ambiente tranquilo para ler ou fazer um piquenique.

lost-lake-whistler
Lost Lake, Whistler.

Peak 2 Peak

Similarmente ao esqui, o teleférico Peak 2 Peak é um dos principais símbolos de Whistler e uma das atividades mais procuradas pelos turistas, já que é ele que faz a ligação entre as montanhas Blackcomb e Whistler. O Peak 2 Peak é conhecido por ter um dos trechos mais longos do mundo (3km) e ser o primeiro teleférico a ligar duas montanhas. Em média, o passeio dura de 3 a 4 horas e sai por preços a partir de 53 dólares canadenses. É possível ter informações mais detalhadas sobre ingressos e preços no site oficial da cidade ou com o seu agente de viagens.

O que fazer em Whistler além dos esportes radicais

Tanto no verão, quanto no inverno, visitar o centro é uma ótima opção para quem procura o que fazer em Whistler além dos esportes radicais e passeios nas montanhas. O centro da cidade é bastante pequeno e pode ser percorrido a pé. Lá, você encontrará diversas opções de restaurantes, que servem de pratos simples e baratos até opções mais caras e sofisticadas. Vale a pena experimentar os drinks do El Furniture Warehouse e fazer uma refeição completa no Old Spaghetti Factory.

Qual a melhor época para visitar Whistler?

A escolha da época para visitar vai depender do tipo de atividades que você pretende fazer. Para quem é fã e praticante de esportes de inverno, a época ideal é o inverno, entre novembro e abril. No entanto, é importante ficar atento ao fato de que o inverno é alta temporada em Whistler. Então, caso essa seja a sua escolha, esteja preparado para encontrar uma grande quantidade de turistas na região. Mas se você prefere fazer compras, experimentar a gastronomia local e curtir atividades leves ao ar livre, o verão pode ser a melhor opção de época para viajar.

Agora que você já sabe o que fazer em Whistler e qual a melhor época para visitar a cidade, que tal ver mais dicas nas nossas redes sociais? Siga Mar-Tha Rio no Instagram e no Facebook.

Read more
montreal-topo

10 pontos turísticos em Montreal para você conhecer

Considerada como uma das cidades mais belas e fascinantes da América do Norte, Montreal, município de Quebec, no Canadá, é uma cidade vibrante e cosmopolita. Neste artigo, listamos 10 pontos turísticos em Montreal para você conhecer. Confira!

Sobre Montreal

Montreal é um mix de diferentes culturas – não apenas a que foi deixada pelos colonizadores franceses e ingleses, como também por irlandeses, judeus, portugueses, chineses e muitos outros povos imigrantes.

Ao pararmos para observar a extraordinária arquitetura local, especialmente nas regiões de Old Montreal e Old Port, fica fácil entender a razão pela qual a cidade ganhou, em 2006, o título da UNESCO de Cidade Criativa do Design.

Famosa principalmente por sua riqueza multicultural, Montreal costuma receber muito bem seus visitantes. Só em 2018, mais de 19 milhões de pessoas passaram pelo principal aeroporto da cidade, o Aéroport International Pierre-Elliott-Trudeau de Montréal.

Pontos turísticos em Montreal:

1. Old Montreal

old montreal - pontos turísticos em Montreal - melhor época para viajar para Montreal - Jardim Botânico de Montreal - Cidade Subterrânea - basílica de notre-dame
Datando do século 17, as ruas de paralelepípedos estreitas do centro histórico estão repletas de praças animadas, lojas e cafés charmosos

Localizada ao longo do rio Saint-Laurent e próxima ao movimentado centro da cidade, esta área concentra as construções mais antigas e mais belas da cidade. Passear pelas ruas de paralelepípedos do centro histórico de Old Montreal – que, para muitos, se assemelha à Paris – é uma das melhores opções de entretenimento na cidade. Nesta região, você encontrará várias praças com uma grande variedade de lojas e charmosos cafés e restaurantes.

2. Jardim Botânico de Montreal

Vídeo: Espacepourlavie Montréal / YouTube

Em geral, as grandes cidades pelo mundo contam sempre com belos jardins botânicos, e em Montreal não seria diferente. O Jardim Botânico de Montreal é reconhecido como um dos maiores e mais importantes jardins botânicos do mundo. Sem dúvida, o que o torna ainda mais especial é sua rica coleção de mais de 22 mil espécies de plantas. O local conta com diferentes jardins temáticos e estufas, as quais podem ser visitada durante todo o ano. Não deixe de visitar o Jardim Chinês, o Jardim Japonês, o Jardim dos Povos Nativos e a Estufa de Árvores Frutíferas Tropicais. Certamente, um passeio pelo Jardim Botânico de Montreal, que fica na Rue Sherbrooke, será uma boa alternativa para escapar por algumas horas da correria da cidade. Complemente o passeio e conheça o Biodôme, o Insectarium, e o Planetário de Montreal, que ficam na mesma região.

3. Basílica de Notre-Dame

basílica notre-dame - pontos turísticos montreal
A iluminação dentro da Basílica de Notre-Dame, em Montreal, é impressionante

A Basílica de Notre-Dame é umas das mais bonitas na América do Norte, bem como um dos monumentos mais notáveis da região de Old Montreal. A basílica se destaca principalmente por conta da magnífica decoração presente no interior do santuário, por seus vitrais iluminados, bem como por seu estilo neogótico. Um tour guiado pelo interior da Basílica de Notre-Dame para conhecer um pouco mais sobre sua história não deve ficar de fora de seu roteiro.

4. Oratório de São José do Monte Royal

pontos turísticos - melhor época para viajar para Montreal - Cidade Criativa do Design - jardim botânico de montreal
O oratório fica na parte mais alta da cidade, a 263 metros acima do nível do mar, e é o maior templo do mundo dedicado a São José

Não deixe de conhecer esta grandiosa basílica, chamada Oratório de São José (Saint Joseph) do Monte Royal. De fato, este é um local de peregrinação para muitos católicos, já que São José é o santo padroeiro do Canadá. Contudo, o local também é um famoso ponto turístico, já que costuma atrair pessoas de todos os credos, principalmente em função de sua significância arquitetônica e histórica. O imponente domo do oratório é o terceiro maior do mundo, e a cruz que fica em seu topo representa o ponto mais alto a cidade. Outro fator interessante é que a escadaria que leva até o oratório conta com nada menos do que 283 degraus. Enquanto sobe suas escadas, aproveite para observar uma vista incrível de Montreal.

5. Parc du Mont-Royal

mont royal - pontos turísticos em Montreal - Cidade Criativa do Design unesco
O Parque de Monte Royal é um dos espaços verdes mais importantes da cidade, e protege o Monte Royal do desenvolvimento urbano

Monte Royal é uma montanha de três cumes localizada no coração da cidade de Montreal. Trata-se de uma extensa área verde, bem como um dos pontos ideais para ter uma visão do alto de toda a cidade. O Parque de Monte Royal, que fica ao redor do Monte Royal, é repleto de riquezas naturais e históricas, além de ser um dos principais pontos turísticos em Montreal. Inclusive, um fato curioso é que o Parque de Monte Royal foi decorado, em 1876, pelo mesmo paisagista que decorou o Central Park de Nova York, Frederick Law Olmsted. Milhares de pessoas passeiam pelo parque ao longo de todo o ano, e as atrações variam conforme a estação.

LEIA MAIS:

6. Parc Jean-Drapeau

pontos turísticos em Montreal - melhor época para viajar para Montreal - Jardim Botânico de Montreal - Cidade Subterrânea - Cidade Criativa do Design
O Parc Jean-Drapeau oferece uma grande variedade de atrações, mais do que qualquer outra área da cidade

A apenas 5 minutos do centro da cidade, o parque Jean-Drapeau é reconhecido como sendo um lugar extremamente diversificado, com opções de lazer para todos os perfis de visitantes. Frequentemente, muitos festivais acontecem por lá, tais como concertos ao vivo, eventos esportivos, feiras e exposições, dentre outras programações culturais. O parque compreende uma área com duas ilhas separadas: a Ilha de Santa Helena e a ilha artificial de Notre-Dame. No coração do parque encontra-se a Biosfera de Montreal. Trata-se de um museu ecológico cuja fachada é um gigantesco domo transparente, visível a partir de vários pontos da cidade. Outros pontos de interesse dentro do parque são o parque de diversões La Ronde, o Museu Stewart, o circuito Gilles-Villeneuve, onde acontece o GP do Canadá de Fórmula 1, bem como um enorme complexo aquático e até mesmo uma praia de areia dourada, chamada Jean-Doré Beach.

7. Old Port

old port pôr do sol - pontos turísticos em Montreal - melhor época para viajar para Montreal - Jardim Botânico de Montreal - Cidade Subterrânea - Cidade Criativa do Design - basílica de notre-dame
A região de Old Port, ou Vieux Port, é uma das áreas mais charmosas de Montreal. Não perca o deslumbrante pôr do sol no final da tarde

O Porto de Montreal, localizado às margens do rio Saint-Laurent, é uma grande área de lazer na cidade e costuma ficar sempre bastante movimentado, independentemente da época do ano. Aproveite para dar uma volta na roda gigante, que conta com uma altura de 60 metros, e desfrute de uma incrível vista panorâmica da cidade e suas montanhas. Se sua viagem para Montreal for durante a temporada de inverno, aproveite principalmente para dar algumas voltas na pista de patinação no gelo que fica por lá de dezembro a março.

8. Cidade Subterrânea (Underground City)

cidade subterrânea de montreal - underground city - réso
A Cidade Subterrânea de Montreal, também conhecida como Réso, é o maior complexo urbano subterrâneo do mundo

A Cidade Subterrânea de Montreal é um grande complexo de túneis e fica bem abaixo do centro da cidade. Com cerca de 33 km de extensão, por lá você encontrará uma grande variedade de lojas, hotéis, museus, bibliotecas, cinemas, universidades, restaurantes e diversos outros tipos de estabelecimentos comerciais e de entretenimento. Mais de 500 mil pessoas passam por esta importante área da cidade todos os dias. Além disso, a Cidade Subterrânea, chamada localmente de Réso, se conecta à diferentes estações do metrô, assim como conta com mais de 190 acessos externos em diferentes pontos da cidade. Certamente valerá muito a pena explorar este local.

9. Rue Sherbrooke

rue sherbrooke - basílica de notre-dame
Aproveite seu passeio pela Rue Sherbrooke e fotografe suas belas construções

Ao caminhar por esta famosa e extensa rua de Montreal, você poderá conhecer os melhores museus da cidade, galerias de arte, hotéis, propriedades históricas, lojas de antiguidades e boutiques de marcas de luxo, tais como Gucci, Dior, e Tiffany & Co. Inclusive, o museu mais antigo do Canadá, o Musée des Beaux-Arts, está localizado nesta rua, abrigando uma incrível coleção de pinturas, esculturas e artes digitais. Além disso, se quiser conhecer um pouco mais sobre a história local, especialmente acerca dos povos nativos (ou First Nations People), vá até o Museu McCord de História Canadense. Aproveite para almoçar em um dos inúmeros restaurantes disponíveis ao longo da Rue Sherbrooke.

10. Casino de Montréal

cassino montreal
O cassino fica na ilha ao lado do parque Jean-Drapeau, um dos principais pontos turísticos em Montreal

O famoso cassino da cidade é uma atração que costuma impressionar, já que sua fachada é bem original e foge totalmente do convencional. O Casino de Montréal, que fica aberto 24h por dia, todos os dias da semana, possui 6 andares e não apenas é o maior cassino do Canadá, como também está entre os 10 maiores cassinos do mundo. Obviamente é necessário ter mais de 18 anos para acessar o estabelecimento.

Qual é a melhor época para viajar para Montreal?

Clima em Montreal Canadá - melhor época do ano para viajar para Montreal

De fato, não é fácil escolher qual é a melhor época do ano para viajar para Montreal. Isso acontece porque, nesta região, as quatro estações do ano são muito bem definidas. Embora os moradores e frequentadores da cidade amem o colorido do verão, os tapetes de flores da primavera, e as cores alaranjadas do outono, é o inverno que costuma impactar mais a atmosfera da cidade, já que o ritmo fica menos acelerado e os encontros ao redor de lareiras aconchegantes se tornam mais frequentes. Além disso, ao mesmo tempo que o clima mais quente do verão torna os passeios pela cidade mais agradáveis, durante o inverno, a Cidade Subterrânea se torna um excelente lugar para ser explorado, já que suas galerias contam com um sistema de aquecimento de última geração. 

Ficou com vontade de conhecer? A Mar-Tha Rio te leva! Fale agora com uma de nossas consultoras e confira nossos preços e condições!

Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
feiras de natal nova york - christmas markets

10 atrações para você aproveitar dezembro em Nova York

O mês de dezembro em Nova York é sinônimo de árvores de natal deslumbrantes, muitas luzes coloridas, e várias feiras natalinas, conhecidas por lá como Christmas Markets. Estas feiras são repletas de ítens de decoração, produtos artesanais, bem como comidas e bebidas da estação. Como esta é uma época em que a cidade está começando a ficar coberta de neve, também não podemos nos esquecer das enormes pistas de patinação no gelo, bem como das glamurosas vitrines de natal da 5th Avenue. Conheça algumas atrações especiais e eventos que acontecem em Nova York na época mais especial do ano.

1) Cerimônia de iluminação da árvore de natal do Rockefeller Center

dezembro em Nova York - patinação no gelo - Réveillon na Times Square - The Nutcracker (O Quebra-Nozes) - feiras de natal
A cerimônia de iluminação da árvore de natal do Rockefeller Center marca a abertura da temporada de natal em Nova York

Abrigando uma ornamentação espetacular, um icônico rink de patinação no gelo, e a árvore de natal mais simbólica da cidade, o Rockefeller Center é um dos pontos turísticos de Nova York mais visitados no mês de dezembro. Geralmente, a árvore é decorada com cerca de 45 mil lâmpadas de LED, bem como uma infinidade de cristais Swarovsky. A cerimônia de iluminação da árvore este ano (2019) acontece no dia 4 de dezembro, e o evento é completamente aberto ao público. Uma tradição que já tem mais de 80 anos, este evento costuma marcar a abertura da temporada de natal em Nova York.

2) Central Park em dezembro

Crédito: YouTube / El Australiano

Quando a neve começa a cair na cidade de Nova York, a paisagem do Central Park ganha um toque especialmente mágico. Aproveite para tirar muitas fotos próximo à Bow Bridge, sem dúvida a ponte mais famosa do Central Park. A Bow Bridge consegue exprimir de forma precisa a distinta aura romântica de Nova York. Saiba mais sobre a história deste famoso ponto turístico do Central Park neste outro artigo em nosso blog. Por outro lado, a pista de patinação no gelo, conhecida como Wollman Rink, é uma das principais atrações do parque nesta época.

Quer passar o Réveillon em Nova York? Clique aqui e saiba mais! Confira todas as nossas viagens para os Estados Unidos.

3) Vitrines da 5th Avenue

dezembro em Nova York - patinação no gelo - Réveillon na Times Square - The Nutcracker (O Quebra-Nozes) - feiras de natal
Mesmo que a sua intenção não seja ir às compras, vale muito a pena apreciar as decorações nas vitrines das lojas, que costumam encantar tanto os nova-iorquinos como os turistas

Durante o mês de dezembro, os passeios pela sempre glamurosa Fifth Avenue, e também pela Herald Square, são super recomendados. Isso acontece porque praticamente todas as lojas da região investem pesado na decoração de suas vitrines, expondo cenários encantadores que transmitem, acima de tudo, um genuíno espírito natalino. Não deixe de conferir a decoração das vitrines das lojas mais famosas da região, tais como Saks, Lord & Taylor, Macy’s e Bloomingdale’s.

 4) As decorações das casas são um espetáculo à parte

dyker heights - dezembro em Nova York - patinação no gelo - Réveillon na Times Square - The Nutcracker (O Quebra-Nozes) - feiras de natal
Se você estiver em Nova York durante o mês de dezembro, não deixe de conferir as casas enfeitadas e iluminadas de Dyker Heights, no bairro do Brooklyn

Embora você encontre pela vizinhança várias casas decoradas para o natal, é no bairro Dyker Heights, no Brooklyn, que a verdadeira magia do natal acontece. Todos os anos, mais de 100 mil pessoas passeiam por este famoso bairro para observar e fotografar as casas completamente enfeitadas e iluminadas para o natal. É possível já começar a observar as extravagantes decorações logo após o Thanksgiving, ou o Dia de Ação de Graças, muito celebrado por lá. Contudo, a melhor época para visitar a região é entre o meio do mês de dezembro até a véspera de ano novo. E fique atento aos horários também, já que os proprietários das casas começam a apagar suas luzes de natal após as 21h.

 5) Tour pelas famosas feiras de natal de Nova York

NYC3
Aproveite para conhecer as produções de artistas locais e experimentar as bebidas quentes de inverno, como a tradicional Apple Cider ou um Hot Chocolate

Nesta época, você poderá visitar as famosas feiras de natal em diferentes pontos da cidade, como por exemplo no Bryant Park, no Grand Central Terminal, na Union Square, na praça Columbus Circle, dentre outros. Nestas feiras, você encontrará uma variedade de produtos, tais como roupas, acessórios e jóias, artigos para presente e produtos feitos à mão. Totalmente imperdível!

LEIA MAIS:

 6)  Bank of America Winter Village, no Bryant Park

bryant-park
O Winter Village, que acontece no Bryant Park, é uma das atrações mais populares de inverno na cidade de Nova York

Em parceria com o Bank of America, o Bryant Park, que é um dos parques públicos mais conhecidos e famosos da Big Apple, anualmente abriga o evento chamado Winter Village. Por lá, você encontrará uma infinidade de atrações reunidas em um só lugar, como por exemplo o único rink de patinação no gelo gratuito da cidade, uma belíssima árvore de natal, performances ao vivo, assim como mais de 150 estandes com produtos variados, tais como comidas e bebidas artesanais. O Bryant Park fica localizado entre a Quinta e a Sexta Avenida.

7) Exposição de trens em miniatura, no Bronx

NYC5
A decoração é feita de materiais naturais, tais como cascas de árvores, galhos, frutas, sementes e pinhas

Uma visita ao New York Botanical Garden’s Holyday Train Show já virou tradição entre os nova-iorquinos, e é cada vez mais popular também entre os turistas. Por lá, você poderá observar uma encantadora exposição com trens em miniatura e cenários que reproduzem os principais pontos turísticos da cidade, como por exemplo o Rockefeller Center, o Central Park, a Ponte do Brooklyn e a Estátua da Liberdade. No local ocorre também uma incrível exposição de esculturas de gelo e concertos ao vivo. 

8) The Nutcracker (O Quebra-Nozes), apresentado pelo New York City Ballet

nutcrackerny
As performances do tradicional espetáculo The Nutcracker (O Quebra-Nozes) acontecem entre o final do mês de novembro e vão até o começo do ano

Se você estiver visitando Nova York durante o mês de dezembro, não deixe de assistir o mágico espetáculo The Nutcracker (O Quebra-Nozes). A performance é apresentada pela famosa companhia de balé de Nova York e é um verdadeiro clássico natalino, que costuma agradar pessoas de todas as idades todos os anos. The Nutcracker se passa ao redor de uma árvore de natal e conta a história da pequena Clara e do quebra-nozes que ela ganha de presente de natal. Durante a noite, o quebra-nozes e os outros presentes magicamente ganham vida e tamanho real, e há um conflito entre os soldados de gengibre e os ratos famintos. O espetáculo, que tem a duração de 2h, conta com muitos efeitos visuais, e a trilha sonora é composta por obras de Tchaikovsky.

9) Veja Nova York do alto

NYC6
Quando anoitece e as luzes se acendem, a vista da cidade de Nova York consegue ficar ainda mais encantadora

Escolha entre as diversas opções eventos e atrações nas coberturas dos prédios da Big Apple. Você terá vistas privilegiadas das luzes de natal da cidade de Nova York, que fica ainda mais linda durante a noite. O 230 Fifth Rooftop é famoso principalmente por oferecer um dos cenários mais belos de NYC, com o Empire State Building como pano de fundo. Outra excelente opção é o One World Observatory, que garante uma visão panorâmica da cidade. O prédio não apenas é o mais alto de Nova York, como também é o mais alto dos Estados Unidos.

10) Réveillon na Times Square

reveillon times square
Sem dúvida, o Réveillon na Times Square é o evento de fm de ano mais popular e mais conhecido do mundo

Na nossa lista com dicas para você aproveitar o mês de dezembro em Nova York, não poderia faltar o Réveillon na Times Square. Embora seja um evento conhecido por reunir um grande número de pessoas, sem dúvida é o tipo de experiência que vale muito a pena ser vivida pelo menos uma vez na vida! A contagem regressiva para o Réveillon na Times Square é acompanhada por pessoas do mundo todo. Existem outras opções de eventos pela cidade, e você poderá assistir a queima de fogos de Nova York no Brooklyn Prospect Park. Além da queima de fogos, o parque também conta com festivais de comida e shows ao vivo. Por outro lado, se você não quer perder os fogos, mas busca experiências mais exclusivas, você poderá passar o Réveillon em um cruzeiro pelos rios que cercam Manhattan, observando as luzes da cidade por um ângulo totalmente único.

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
como tirar o visto para os Estados Unidos - como funciona a entrevista - formulário DS-160 - processo para tirar o visto americano - documentos necessários para tirar o visto

Como tirar o visto para os Estados Unidos

Quer saber como tirar o visto para os Estados Unidos? Estar preparado e conhecer bem todo o processo para o preenchimento do formulário DS-160 e para a entrevista é fundamental, além de ser uma excelente forma de aumentar as chances de ser bem-sucedido. Confira nosso passo a passo com informações úteis para brasileiros que desejam tirar o visto de turista para os Estados Unidos.

O que é um visto?

Quando um cidadão de outro país quer entrar nos Estados Unidos, primeiramente se faz necessário obter um visto especial, que é colocado em seu passaporte.

A boa notícia é que, embora seja considerado burocrático, o processo de solicitação do visto para os Estados Unidos pode ser feito por qualquer pessoa. Existem diversos tipos de vistos para os Estados Unidos, como por exemplo para estudantes, profissionais da mídia, atletas, dentre outros. Entretanto, neste artigo vamos te dar algumas dicas sobre o processo de solicitação do visto de turista, que se enquadra na categoria B1/B2.

Contudo, para evitar dificuldades e agilizar o processo, a Mar-Tha Rio conta com uma equipe capaz de agilizar todo o processo de preenchimento do formulário DS-160, além de dar total assessoria para que você se sinta, acima de tudo, seguro no momento da entrevista no Consulado dos EUA. É só entrar em contato com a nossa equipe. Teremos o maior prazer em lhe atender!

Como tirar o visto para os Estados Unidos: passo a passo

1. O processo para tirar o visto americano começa pela internet. A primeira etapa consiste no preenchimento do formulário DS-160.

2. O próximo passo consiste em agendar as entrevistas e pagar uma taxa. Basta acessar a página do departamento de vistos, criar uma conta de usuário e inserir o número do seu formulário DS-160. Em seguida, preencha com as suas informações.

3. A etapa seguinte é o pagamento da taxa de solicitação (MRV), que atualmente custa US$ 160 para vistos de turismo. Após o pagamento da taxa, será necessário agendar a entrevista com a Seção Consular e a visita ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) para que seus dados biométricos sejam coletados, assim como para entregar seus documentos.

Atente-se que o CASV não permite a entrada de pessoas com bolsas ou mochilas em suas dependências. Inclusive, o valor do serviço de guarda-volumes do local é bastante dispendioso. Aparelhos eletrônicos, bem como carregadores de celular também são vetados.

Outra dica interessante diz respeito à impressão dos documentos. É importante que todos os documentos sejam impressos em uma impressora a laser, principalmente para evitar problemas com os códigos de barra nas folhas.

LEIA MAIS:

Procure o CASV mais próximo de você:

Belo Horizonte CASV
Rua Maranhão, 310 – Loja 1 – Edifício Celta – Santa Efigênia
Belo Horizonte – MG 30150-330

Brasília CASV
Edifício Venâncio 2000 SCS, Quadra 8 Bloco B60 sala 340 – Setor Comercial Sul
Brasília – DF 70333-900

Porto Alegre Centro de Entrega de Documentos (CED)
Av. Assis Brasil, 1712 – Passo d’Areia
Porto Alegre – RS 91010-001

Recife CASV
Avenida Herculano Bandeira, 949 – Comercial Bandeira – Pina
Recife – PE 51110-130

Rio de Janeiro CASV
Rua Humaitá, 275- Loja A – Humaitá
Rio de Janeiro – RJ 22261-001

São Paulo #1 CASV
Avenida José Maria Whitaker, 370- Vila Mariana
São Paulo – SP 04057-000

Veja abaixo os documentos necessários para tirar o visto para os Estados Unidos

  1. Passaporte atual válido por pelo menos seis meses além do período de estadia nos Estados Unidos.
  2. Passaporte contendo o último visto dos Estados Unidos (se aplicável).
  3. Página de confirmação de Formulário DS-160.
  4. Página de confirmação e instruções do agendamento impressa diretamente do site.
  5. Uma foto 5 x 5 cm ou 5 x 7 cm colorida, tirada dentro dos últimos 6 meses e com fundo branco.

Fique por dentro das regras sobre a validade dos passaportes brasileiros neste outro artigo em nosso site.

Além disso, a entrevista com a Seção Consular pode exigir documentos e informações adicionais. Portanto, esteja preparado para comprovar também:

  1. Propósito da sua viagem
  2. Sua intenção de partir dos Estados Unidos após sua viagem
  3. Sua habilidade de pagar todos os custos de viagem
  4. Evidência de seu emprego, laços familiares, declaração de bens do imposto de renda e/ou propriedade no país podem ser suficientes para demonstrar o propósito de sua viagem e sua intenção de retornar ao Brasil
  5. Caso você não possa pagar todos os custos de sua viagem, você poderá apresentar evidências de que outra pessoa irá custear parte ou todo custo da sua viagem

Como funciona a entrevista?

A decisão quanto à aprovação ou negação da concessão do visto de entrada será baseada na entrevista e nas informações prestadas verbalmente. Em geral, a entrevista dura cerca de dois minutos. Lembre-se que estar preparado e conhecer bem todo o processo é fundamental nesta etapa. Preste muita atenção às questões do agente consular e procure dar suas respostas lentamente, de forma clara e objetiva.

como tirar o visto para os Estados Unidos - como funciona a entrevista - formulário DS-160 - processo para tirar o visto americano - documentos necessários para tirar o visto
A entrevista para o visto é uma interação cara a cara, e o contato visual com o agente consular é extremamente importante

Esse, sem dúvida, é o ponto que deixa as pessoas mais apreensivas. Evite passar impressões negativas, como por exemplo incerteza e falta de confiança nas suas respostas. O contato visual com o entrevistador transmite, acima de tudo, entusiasmo, comprometimento e interesse.

Definitivamente, aparência não é tudo. Entretanto, no dia da sua entrevista, procure se vestir adequadamente. Evite exagerar na maquiagem e no perfume. Além disso, se for utilizar jóias no dia da entrevista, prefira as mais discretas.

O intuito da entrevista é, principalmente, saber quais suas reais intenções em visitar os Estados Unidos, bem como checar se suas informações são verdadeiras e corretas. Atualmente, crianças com 13 anos de idade ou menos não precisam comparecer à entrevista, assim como idosos acima de 80 anos de idade.

Confira abaixo algumas perguntas mais comuns:

  • Por que quer ir para os Estados Unidos?
  • Quando vai e quanto tempo pretende ficar?
  • Onde vai se hospedar (hotel, casa de família etc.)?
  • Vai sozinho ou com alguém? Se vai acompanhado, qual sua relação com os acompanhantes?
  • Que cidades vai visitar?
  • Quem está pagando a viagem?
  • Onde trabalha?
  • Quanto dinheiro vai levar?
  • Há bens em seu nome?
  • Tem filhos?
  • Se for uma mulher casada viajando sozinha, é possível que se questione sobre seu cônjuge.

Quanto tempo demora o processo?

O tempo de resposta para a solicitação do visto americano é relativo, e dependerá principalmente do ritmo de trabalho da embaixada norte-americana e dos consulados. Por isso, a recomendação é que você só feche seu pacote de viagem e compre as passagens quando já estiver com a confirmação do visto.

Qual a validade do visto para os Estados Unidos?

Normalmente, os vistos têm a validade de 10 anos e permitem a entrada e saída dos Estados Unidos quantas vezes forem necessárias nesse período. Contudo, o tempo de permanência em solo americano depende dos agentes de imigração em cada viagem. Para fins de turismo, normalmente é concedido o prazo máximo de 6 meses.

Como ocorre a entrega do visto?

Apesar de existir a opção de entrega em domicílio, para evitar risco de extravio ou roubo, aconselhamos que você busque seu visto diretamente no CASV mais próximo.

como tirar o visto para os Estados Unidos - como funciona a entrevista - formulário DS-160 - processo para tirar o visto americano - documentos necessários para tirar o visto
Depois de passar por todas as etapas e conseguir tirar o visto para os Estados Unidos, é hora de arrumar as malas e se preparar para a melhor viagem da sua vida!

Garanta total tranquilidade e segurança durante sua viagem! Faça agora uma cotação de Seguro Viagem que ofereça, acima de tudo, assistência médica, assistência por atraso do voo, ajuda na localização e recuperação da bagagem, entre outros serviços.

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
vacina

Saiba tudo sobre vacinas antes de viajar

É fato que, ao visitar um país estrangeiro, qualquer viajante pode ser exposto a doenças. Contudo, felizmente existem várias formas de se proteger e evitar problemas, como é o caso das vacinas. Neste artigo, você encontrará algumas informações úteis sobre vacinas para viajar tranquilo e devidamente imunizado durante suas férias. Afinal, se você é o tipo de pessoa que adora sair pelo mundo e visitar lugares exóticos, como por exemplo as famosas praias paradisíacas do Caribe, ou quem sabe até mesmo curtir uma aventura em um safári pela África, você não deve deixar que preocupações com doenças te impeçam de viajar. Confira!

vacinas antes de viajar - visitar lugares exóticos - praias paradisíacas do Caribe - vacina contra febre amarela - Certificado Internacional de Vacinação
Tomar vacinas antes de viajar é crucial, especialmente se você for visitar lugares exóticos, como zonas rurais, florestais e lugares onde há mais contato com a natureza

Preciso mesmo me vacinar antes de viajar?

Se vacinar contra certas doenças antes de partir para uma viagem internacional é uma forma eficiente de garantir que sua saúde fique protegida durante o período em que estiver fora. Normalmente pensamos em tudo: hotel, restaurantes, parques, shoppings, pontos turísticos, feiras, museus… e quase nunca nos lembramos de pesquisar sobre as questões sanitárias do país que vamos visitar.

É importante que você se planeje com pelo menos um mês de antecedência, já que nosso corpo precisará de um certo tempo até que o ciclo de imunização se complete. A vacina contra febre amarela, por exemplo, deve ser tomada no mínimo dez dias antes da sua viagem.

Mas atenção: para viagens internacionais, você deverá ser vacinado com a dose padrão (e não fracionada) da vacina. Além disso, se você está partindo em uma viagem nacional, a vacina da febre amarela é igualmente recomendada para áreas de matas e rios na região Norte e Nordeste, devido ao clima.

Sem dúvida, também é uma boa ideia consultar seu médico antes de viajar. Pessoas mais idosas, por natureza, têm a imunidade mais baixa, e por este motivo precisam estar sempre com a vacinação em dia. A boa notícia é que a vacina contra a febre amarela é tomada uma única vez, e sua imunização irá durar a vida toda.

Quais vacinas preciso tomar antes de embarcar?

De acordo com o site da ANVISA, pessoas que estão viajando com destino ou escala em países que exigem determinado tipo de vacinação precisarão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). Este certificado é o documento que comprova a vacinação contra doenças, conforme definido no Regulamento Sanitário Internacional. 

Para saber as exigências de viagem de cada país, consulte as informações disponíveis no Sistema de Emissão do CIVP, na aba “Exigências de Viagem“.

Fique atento, pois as companhias aéreas podem até mesmo negar o embarque ou desembarque de passageiros que não cumpram os requisitos da vacinação. Por isso, quando for se dirigir até o aeroporto, guarde seu certificado de vacinação em um lugar acessível, em sua bagagem de mão por exemplo, pois será necessário apresentá-lo no setor de imigração.

vacinas antes de viajar - visitar lugares exóticos - praias paradisíacas do Caribe - vacina contra febre amarela - Certificado Internacional de Vacinação
Para viagens internacionais, o Ministério da Saúde orienta que o viajante esteja com a sua situação vacinal atualizada

LEIA MAIS:

Onde se vacinar

No Brasil, você poderá tomar vacinas antes de viajar gratuitamente em um posto de saúde do SUS, ou deverá procurar os serviços de vacinação privados credenciados. Além disso, é importante que você guarde o comprovante de vacinação, já que ele será necessário para solicitar o Certificado Internacional.

Contudo, independentemente se você for visitar lugares exóticos ou não, saiba que atualmente, a única vacina que é obrigatória é a da febre amarela. E ao contrário do que muitos pensam, grande parte dos países exigem vacinação justamente para precaver que visitantes internacionais levem doenças para seu território, e não pelo território apresentar riscos de contaminação.

A ANVISA também recomenda que o viajante tenha sempre em dia as vacinas para:

  • Febre amarela
  • Tétano
  • Difteria
  • Hepatites A e B
  • Tríplice Viral (que protege contra Sarampo, Caxumba e da Rubéola)
  • Antirrábica (protege contra a raiva, eventualmente transmitida em mordida de cachorros, ratos e morcegos)

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
topo-barcelona1

O que fazer em Barcelona: 10 experiências imperdíveis

Nenhuma cidade no mundo se compara à Barcelona, que ostenta uma rica e fascinante história de mais de 2 mil anos e é repleta de lugares incríveis e belezas naturais de tirar o fôlego. Boa comida, tradição, praias espetaculares e arquitetura icônica são apenas alguns dos diversos atrativos que você encontra por lá. Certamente não seria exagero dizer que a capital da Catalunha é um daqueles lugares que todo mundo deveria visitar pelo menos uma vez na vida. Barcelona é uma das principais metrópoles da Espanha, juntamente com Madrid, Valência, Servilha e Bilbao, assim como é uma das cidades mais importantes e movimentadas de toda a Europa. Se você está se perguntando o que fazer em Barcelona, está no lugar certo! Neste artigo, selecionamos 10 experiências imperdíveis para você aproveitar as melhores atrações da cidade. Confira!

Vídeo: Rob Whitworth / Divulgação

1) Experimente os vinhos locais

vinhos produzidos na espanha

Reconhecidamente, a Espanha é um dos principais países produtores de vinhos de excelente qualidade. Então, se você aprecia um bom vinho, Barcelona é uma das melhores cidades do mundo para fazer um Wine Tour. Aproveite para experimentar os rótulos locais, visitando algumas das diversas lojas de vinhos, bistrôs, tabernas e wine bars disponíveis por toda a cidade.

2) Passeie pela La Rambla

la rambla - O que fazer em Barcelona - melhores atrações da cidade - Parque Güell - praias mais bonitas de Barcelona - Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona

Essencialmente, La Rambla é uma rua de pedestres que abriga uma grande variedade de mercados, lojas, bem como bares e restaurantes. Esta rua é um dos pontos mais movimentados de Barcelona, e é famosa por ser um dos locais mais autênticos da cidade.

Inclusive, é na La Rambla que está localizado o Gran Teatre del Liceu, tradicional casa de ópera que é considerada uma das mais importantes do mundo. A ornamentação observada no interior do Gran Teatre del Liceu é magnífica, assim como o exterior da propriedade, que foi inaugurada em 1847.

3) Relaxe em belíssimas praias

barceloneta - praias mais bonitas de Barcelona

Quando pensamos na Espanha, logo nos vêm à cabeça seu litoral privilegiado, repleto de ilhas paradisíacas e praias de areia clara, banhadas pelo Mediterrâneo. Estando em Barcelona, você poderá aproveitar para relaxar em uma de suas diversas praias, caminhar pela orla e passar ótimos momentos em bares e restaurantes à beira mar. Ao longo de seus mais de 100 km de faixa litorânea, Barceloneta, Sant Sebastià, Bogatell, Sant Miquel e Nova Mar Bella estão entre as praias mais bonitas de Barcelona.

Saiba mais sobre nossos Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona. Além disso, não deixe de aproveitar os Cruzeiros MSC Temporada 2019/2020

4) Visite a Sagrada Família

O que fazer em Barcelona - sagrada familia - melhores atrações da cidade - Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona

A Sagrada Família, o grande templo católico de Barcelona, foi a maior obra-prima do arquiteto catalão Antoni Gaudí. Porém, o fato mais curioso é que este projeto fascinante, que foi iniciado em 1882 e assumido por Gaudí a partir de 1883, nunca foi terminado. Está previsto que a conclusão da obra ocorra em 2026.

Sua presença no perfil urbano de Barcelona é onipresente, o que significa dizer que é possível avistar este monumento gigantesco praticamente de qualquer ponto da cidade. Mais de 3,2 milhões de pessoas visitam a Sagrada Família todos os anos.

5) Caminhe pelo icônico Parque Güell

O que fazer em Barcelona - melhores atrações da cidade - Parque Güell - praias mais bonitas de Barcelona - Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona

Antoni Gaudí não deixou sua marca apenas com a Sagrada Familia, mas sim por toda a cidade de Barcelona. Um dos lugares mais icônicos do país, o Parque Güell, é um bom exemplo disso, assim como a Casa Batlló e a Casa Milà. O Parque Güell é um parque público e apresenta uma verdadeira coleção de estilos e cores, transmitindo uma atmosfera alegre e atemporal àqueles que passam por lá. A intenção de Gaudí foi construir um local calmo e tranquilo para seus visitantes.

Não é por acaso que este é um dos pontos mais fotografados de Barcelona, já que os mosaicos coloridos distribuídos por todo o parque se mesclam harmoniosamente com a incrível paisagem da cidade.

LEIA MAIS:

6) Faça um passeio no Teleférico Montjuïc

Teleférico Montjuïc barcelona

Desde quando foi inaugurado, nos anos 70, o Teleférico Montjuïc se tornou uma das melhores formas de apreciar Barcelona do alto. Utilizar o teleférico é uma excelente forma de chegar ao topo da colina de mesmo nome, Montjuïc. No topo desta colina, aproximadamente 173 metros acima do nível do mar, encontra-se o histórico Castell de Montjuïc, construído em 1640.

7) Passeie pela bela Plaça d’Espanya

Plaça d’Espanya - Font Màgica

Localizada em um dos pontos mais importantes da cidade, a Plaça d’Espanya conecta várias ruas e avenidas, bem como abriga importantes monumentos, museus e vários outros pontos de interesse. No centro da praça encontra-se a imponente Font Màgica, que oferece um encantador espetáculo aquático cheio de luzes e música. Em setembro, por exemplo, a fonte é o cenário do ato final das Festas de la Mercè. Já nas semanas que antecedem o natal, a programação musical da fonte é dominada por temas natalinos.

8) Delicie-se com as tradicionais Tapas Espanholas

tapas barcelona espanha

As tapas são pratos de aperitivos que normalmente contém vários ingredientes, como por exemplo presunto cru, batatas, frutos do mar, azeitonas, chorizo espanhol, pimentões em conserva, berinjelas, anchovas e muitas outras delícias servidas com torradas. As tapas, a propósito, combinam perfeitamente com um bom vinho, principalmente os que são produzidos na Espanha. Em Barcelona, você encontrará vários bares e restaurantes, dos mais simples aos mais sofisticados, que são especializados neste tipo de prato.

9) Faça um tour pelo mercado mais antigo de Barcelona

O que fazer em Barcelona - melhores atrações da cidade - La Boquería Mercat de Sant Josep - Parque Güell - praias mais bonitas de Barcelona - Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona

O La Boquería, oficialmente Mercat de Sant Josep, é um ótimo local para saborear uma grande variedade de produtos frescos e exóticos. O local, inaugurado em 1840, atrai muitos turistas e oferece um ambiente bem descontraído. É um lugar extremamente famoso na cidade que vale muito a pena conhecer.

Não deixe de experimentar as frutas e sucos da estação, o queijo manchego (produzido com leite de ovelha), as deliciosas empanadas, os diversos tipos de azeitonas e muitas outras maravilhas locais. Há também a opção de almoçar em um dos restaurantes do local, como por exemplo o Bar Central de la Boqueria, o La Gardunya e o Bar Pinotxo.

10) Conheça o bairro medieval El Gòtic

O que fazer em Barcelona - bairro gótico El Gòtic barcelona - melhores atrações da cidade - Parque Güell - praias mais bonitas de Barcelona - Cruzeiros e Viagens em Grupo para Barcelona

Passear por este magnífico bairro gótico, cheio de ruas estreitas e construções de pedra, parece uma viagem no tempo. Existem vários locais interessantes por lá, como por exemplo a Catedral de Santa Eulalia (ou Catedral de Barcelona), a Plaza Real, vários museus e a Calle Portal de L’Angel, o centro comercial da região. Sem dúvida, é uma ótima forma de conhecer mais a fundo a distinta história de Barcelona desde a época de sua fundação.

Além disso, ao fazer um passeio pelo bairro El Gòtic, você poderá conhecer as duas confeitarias mais tradicionais da cidade: a Granja La Pallaresa e a Dulcinea. Faça como os catalães e peça um chocolate quente com uma porção de churros. Você não irá se arrepender!

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
visto-europa-topo

Vai viajar para a Europa? Saiba tudo sobre o visto ETIAS

Você sabe o que é o visto ETIAS? A partir de 2021, turistas brasileiros que desejarem viajar para a Europa por um período de até 90 dias precisarão se cadastrar no sistema ETIAS para entrar e viajar por todos os países do Espaço Schengen, inclusive menores de 18 anos. O visto de viagem ETIAS será válido tanto para o turismo quanto para viagens de negócios (desde que não haja remuneração) pela Europa. Entenda como solicitar o visto ETIAS e como funcionará este novo sistema de autorização de viagem.

O que é o visto ETIAS?

O visto ETIAS, Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem, é uma espécie de visto eletrônico. Além dos brasileiros, cidadãos de outras 60 nacionalidades precisarão desta autorização, como por exemplo canadenses, americanos, australianos e latino-americanos.

Este sistema visa garantir, acima de tudo, a segurança das fronteiras europeias, especialmente nos países que fazem parte do Acordo de Schengen. Vale lembrar que o Acordo de Schengen, ou Espaço Schengen, é uma política de abertura de fronteiras entre grande parte dos países europeus. Este acordo garante, principalmente, a livre circulação de pessoas e mercadorias entre os países signatários.

visto ETIAS - o que é o visto ETIAS - brasileiros viajar para a Europa - Espaço Schengen - seguro viagem para a Europa
O primeiro passo para solicitar o visto ETIAS é o preenchimento do formulário online

Como solicitar o visto ETIAS?

A boa notícia é que o processo de solicitação do visto ETIAS será totalmente online, ou seja, não será necessário que o solicitante se dirija até uma embaixada ou consulado. Para solicitar esta autorização de viagem para a Europa, bastará apenas que os interessados cadastrem seus dados no sistema ETIAS, preencham o formulário e, em seguida, paguem a taxa de processamento antes de seguir viagem rumo ao velho continente. A princípio, o valor desta taxa será de 7 EUR. Entretanto, menores de idade estão isentos deste valor, mas não da obrigatoriedade da autorização de viagem. O pedido deverá ser processado em um prazo de até 72 horas, que serão contadas a partir da identificação de pagamento da referida taxa.

Será necessário informar nome, sobrenome, data e local de nascimento, país de nascimento, endereço, e-mail, bem como um telefone de contato. Além disso, o viajante deverá informar neste formulário qual país de entrada (ou países) pretende visitar dentro do Espaço Schengen. O único documento exigido será o passaporte do viajante, que precisará estar em dia, ou seja, com validade superior a 3 meses. Caso contrário, o viajante precisará solicitar a emissão de um novo passaporte.

As informações obtidas serão processadas automaticamente em uma base de dados de segurança, já que o objetivo deste trâmite é prevenir possíveis riscos de segurança, bem como a imigração ilegal. Contudo, é esperado que o sistema ETIAS aprove a grande maioria das autorizações quase imediatamente. Após o processamento e análise destas informações, caso aprovado, o viajante receberá o visto ETIAS diretamente em seu e-mail. Por outro lado, caso haja algum empecilho e o viajante não consiga a aprovação, o sistema encaminhará via e-mail uma explicação sobre o motivo da negativa do visto, cabendo recurso.

LEIA MAIS:

 

visto ETIAS - o que é o visto ETIAS - brasileiros viajar para a Europa - Espaço Schengen - seguro viagem para a Europa
O Acordo de Schengen é uma política de abertura de fronteiras que envolve grande parte dos países europeus

Veja abaixo a relação dos 26 destinos dentro do Espaço Schengen que passarão a exigir a autorização de viagem ETIAS em 2021:

 

Alemanha Grécia
Noruega Áustria
Hungria Polônia
Bélgica Holanda
Portugal Dinamarca
Itália República Tcheca
Eslovênia Letônia
Suíça Espanha
Liechtenstein Malta
Estônia Lituânia
Mônaco Finlândia
Luxemburgo San Marino
França Vaticano

Bulgária, Romênia, Croácia e Chipre estão em fase de implementação do acordo.

Como solicitar a extensão do visto ETIAS?

Ao encerrar o período de 90 dias, os viajantes precisarão esperar outros 90 dias para poder voltar ao Espaço Schengen. Para prolongar a sua estadia na Europa, o viajante poderá intercalar sua viagem com outros países europeus que não façam parte deste acordo, como por exemplo o Reino Unido, ou seja, InglaterraIrlanda do NorteEscócia e País de Gales, bem como a Irlanda.

Contudo, haverá ainda a possibilidade de solicitar uma extensão do visto ETIAS para permanecer em um dos países do Espaço Schengen, mas cada país possui suas próprias regras. Neste caso, bastará contactar a embaixada e as autoridades do país que tenha decidido permanecer para dar entrada nos trâmites necessários para obter um visto ETIAS de longa duração.

Mais informações poderão ser obtidas através do site: www.etiaseu.com.br.

Informações Úteis:

  • No caso de menores de 18 anos, quem deverá solicitar o visto ETIAS será seu representante legal;
  • O visto ETIAS terá validade de 3 anos;
  • É recomendado que o viajante leve consigo uma cópia da autorização de viagem, principalmente durante o tempo que permanecer viajando pelo Espaço Schengen;
  • É importante ressaltar que que nem todos os países europeus fazem parte do Acordo de Schengen, assim como nem todos os países do Acordo de Schengen fazem parte da Europa;
  • Solicite o visto ETIAS com certa antecedência, para que possíveis contratempos possam ser evitados;
  • Se você possui dupla cidadania, poderá solicitar a autorização de viagem ETIAS com qualquer passaporte válido, desde que o país seja elegível para o programa de visto ETIAS;
  • Não esqueça que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Por isso, ao planejar uma viagem, garanta sua tranquilidade e segurança com um bom seguro que ofereça cobertura para despesas médicas e hospitalares. A Mar-Tha Rio oferece seguros que proporcionam o melhor serviço para viajantes do mundo inteiro. Faça já uma cotação clicando aqui.

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more
topo-museus

Museus de arte contemporânea que você precisa conhecer

Existem centenas de museus de arte contemporânea pelo mundo, e grande parte destes locais costuma exibir obras de artistas mundialmente famosos, bem como de artistas locais. Sem dúvida, as viagens culturais são a grande tendência do turismo para os próximos anos. Então, aproveite a rica experiência de conhecer as variadas formas de expressão artística, criadas por artistas de diferentes culturas, durante suas viagens internacionais. Neste artigo, listamos 10 museus de arte contemporânea pelo mundo para você se inspirar. Confira!              

1) LOS ANGELES, EUA

museus de arte contemporânea
Museu: Los Angeles County Museum of Art (LACMA)

O LACMA é o maior museu de toda a costa oeste americana, e conta com 5 instalações distintas (internas e ao ar livre), sendo a Urban Lights a mais famosa. Trata-se de uma coleção contendo 202 postes de luz vintage, que ficam ainda mais atraentes à noite, quando estão acesos.

2) NOVA YORK, EUA

museus de arte contemporânea, tendência do turismo
Museu: Whitney Museum of American Art

Este museu é considerado a principal instituição de arte moderna e contemporânea dos Estados Unidos. As obras exibidas, que variam entre pinturas, esculturas, até fotografias, filmes e novas mídias, costumam ter um enfoque em temas econômicos e sociopolíticos.

Confira nossos pacotes de Viagens Internacionais. Quer uma viagem personalizada? Fale agora com a nossa equipe de consultoras usando o nosso telefone, chat, e-mail ou nos visitando pessoalmente. Teremos o maior prazer em te atender!

3) BILBAO, ESPANHA

museus de arte contemporânea
Museu: Guggenheim Museum Bilbao

Considerado uma das “12 Maravilhas da Espanha”, este museu abriga uma infinidade de obras de artistas renomados internacionalmente, assim como obras de artistas bascos, já que o museu se encontra na região autônoma conhecida como País Basco.

4) ROMA, ITÁLIA

viagens culturais
Museu: Museo D’Arte Contemporanea di Roma

Reconhecido como o centro de arte contemporânea mais importante de Roma, este museu exibe diversas obras de artistas italianos e internacionais. Ao longo do ano, várias exibições, seminários e shows costumam acontecer por lá.

5) QUEENS (NYC), EUA

viagens culturais, tendência do turismo
Museu: Museum of Modern Art PS1

Localizado no bairro de Long Island, no Queens, o MoMa PS1 é um dos maiores museus dos Estados Unidos dedicado unicamente à arte contemporânea. Desde sua inauguração, em 1971, o MoMa PS1 tem sido uma instituição focada nas últimas tendências relacionadas à arte e às diferentes formas de expressão, que incluem música, performances ao vivo e vídeo.

Leia mais:

6) LONDRES, INGLATERRA

tendência do turismo
Museu: Tate Modern

O museu Tate Modern é a galeria de arte mais visitada da Europa. Uma visita ao Tate proporciona um passeio completo pela história da arte moderna do século 20 em diante. O museu apresenta diversas coleções permanentes, que vão desde pinturas até performances ao vivo.

7) TÓQUIO, JAPÃO

viagens culturais, tendência do turismo
Museu: Mori Art Museum

As obras exibidas neste museu são bem variadas, e incluem temas relacionados ao mundo fashion, à arquitetura moderna, bem como design, fotografia e vídeo. Sem dúvida, este museu é um dos locais mais interessantes para visitar em Tóquio. As coleções buscam explorar diversos fatores que elevaram a arte contemporânea asiática a um outro patamar.

8) XANGAI, CHINA

8a
Museu: Museum of Contemporary Art (MoCA)

Aberto em 2015, o pavilhão onde está localizado o MoCA é um espaço totalmente moderno, dedicado à artistas locais com ideias inovadoras. Suas paredes de vidro que vão do chão ao teto fazem a experiência de visitar o local ainda mais agradável.

9) BERLIM, ALEMANHA

viagens culturais
Museu: Hamburger Bahnhof

Este museu é um dos maiores de Berlim, e conta com uma das mais significativas coleções de arte contemporânea do mundo. O Hamburger Bahnhof fica localizado no antigo terminal da Ferrovia Hamburgo-Berlim.

10) PARIS, FRANÇA

museus de arte contemporânea
Museu: Centre Pompidou

Reconhecido por possuir a maior coleção de arte moderna da Europa, o Pompidou exibe obras tão impressionantes quanto as que são exibidas no Louvre. Você terá a chance de ver de perto obras de artistas renomados, como por exemplo Picasso, Miró, Matisse, dentre muitos outros.

 Você sabia que o app da Mar-Tha Rio possui várias funcionalidades extremamente úteis que podem te ajudar durante sua viagem, tais como conversor de medidas, tradutor, conversor de moedas e informações sobre o clima? Com o app Mar-Tha Rio você também poderá fazer seu check-in, comprar ingressos para diversos pontos turísticos e comparar preços de passagens aéreas, hotéis e muito mais. Instale gratuitamente o aplicativo da Mar-Tha Rio no seu iOS ou no seu Android.

Mar-Tha Rio no Facebook

Mar-Tha rio no Instagram

Read more
italia-topo

Os 10 lugares mais bonitos da Itália

Conheça os 10 lugares mais bonitos da Itália e prepare-se para viver experiências inesquecíveis durante sua próxima viagem pelo país. Dispondo de um litoral deslumbrante, uma infinidade de lagos e montanhas imponentes, a Itália orgulha-se de ser um dos destinos turísticos mais badalados de toda a Europa. Aqueles que visitam o país se encantam com sua história, arte, gastronomia, arquitetura, locais sagrados, vilarejos charmosos e cenários pitorescos. Qualquer que seja o mês de sua viagem para a Itália, as chances de você se apaixonar de vez pelo país são altíssimas!

Viaje para a Itália com a Mar-Tha Rio!

Confira todas as nossas viagens para a ItáliaQuer uma viagem personalizada? Fale agora com a nossa equipe de consultoras usando o nosso telefone, chat, e-mail ou nos visitando pessoalmente. Teremos o maior prazer em te atender!

Veja agora os 10 lugares mais bonitos da Itália para você visitar

1. Roma

lugares para visitar na Itália - Roma é o principal destino turístico da Itália. Faça viagens espetaculares pela Europa. Fale com a Mar-Tha Rio!
A Praça de São Pedro fica bem em frente à basílica

Já dizia o ditado: “todos os caminhos levam à Roma”. Considerada um dos melhores lugares para visitar na Itália, a cidade de Roma é reconhecida em todo o mundo como um centro de cultura, arte e religião. Além disso, Roma é o principal destino turístico da Itália, e deve entrar no roteiro de qualquer pessoa em busca de viagens espetaculares pela Europa.

A Basílica de São Pedro é a obra mais renomada da arquitetura renascentista, bem como a maior e mais impressionante igreja do mundo. Todo o interior da basílica foi decorado com mármore, relevos, esculturas e ornamentos com acabamentos em ouro. A Basílica de São Pedro fica no Vaticano, um Estado soberano e autônomo que fica dentro da cidade de Roma. Ao visitar este importante monumento, aproveite também para conhecer a Capela Sistina, o Museu do Vaticano, bem como a belíssima Praça de São Pedro.

Ostentando mais de 2 mil anos de história, o Coliseu é o monumento mais visitado na Itália, e mais de 6 milhões de pessoas passam pelo local todos os anos. Durante seu auge, o Coliseu foi palco dos mais variados tipos de espetáculos, como por exemplo exibições de animais exóticos, execução de prisioneiros e lutas de gladiadores. A partir do século VI, o monumento sofreu inúmeros saques, abalos por terremotos e até mesmo bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, em sua história mais recente.

O Pantheon, ou Panteão, é uma das estruturas da antiga Roma mais bem preservadas do mundo. Um dos detalhes que mais chamam a atenção neste monumento é sua gigantesca cúpula. A estrutura, que é repleta de detalhes, foi construída como um templo em honra a todos os deuses. Uma visita ao local é uma verdadeira viagem no tempo.

2. Veneza

Punta della Dogana se destaca na paisagem, por conta de seu formato triangular

Com canais serenos e uma arquitetura que desafia o tempo, a romântica Veneza é, sem dúvida alguma, um dos lugares mais bonitos da Itália. A cidade, que é banhada pelo Mar Adriático, começou a ser construída no ano de 452. Devido à sua posição geográfica estratégica, a cidade foi uma importante rota comercial entre o Oriente e o Ocidente. A partir do século XVI, Veneza foi deixando de ser uma potência comercial para se tornar, já naquela época, um dos maiores pontos turísticos da Europa.

Faça um romântico passeio de gôndola pelo Grande Canal, enquanto aprecia uma paisagem sem igual. Ao longo do passeio, você irá admirar locais históricos, como por exemplo a suntuosa Igreja de São Marcos, considerada um dos melhores exemplos da arquitetura bizantina, bem como o campanário da basílica, que é um dos símbolos da cidade. Esta torre de sinos possui 98,6 m de altura e fica bem perto da entrada da basílica.

Punta della Dogana foi a alfândega da antiga Veneza. Neste local, onde o Grande Canal se encontra com o Canal Giudecca, navios vindos de diferentes partes do mundo costumavam ancorar e desembarcar mercadorias. Hoje, este é um espaço totalmente restaurado, e abriga um incrível museu de arte contemporânea, que conta com vários eventos culturais ao longo do ano.

3. Pisa

principais destinos turísticos da Itália - lugares para visitar na Itália
A famosa torre cilíndrica já tinha uma certa inclinação quando sua construção foi concluída, em 1372

A bela cidade de Pisa, localizada ao longo do Rio Arno, nos transporta para uma época memorável, quando a região era um verdadeiro império comercial. O mistério que envolve a Torre de Pisa, que se mantém erguida até hoje apesar de sua acentuada inclinação, faz da cidade um dos mais recomendados lugares para visitar na Itália.

Não deixe de fazer um passeio pelo Jardim Botânico de Pisa, conhecido como Orto Botanico Dell’Universitá Di Pisa. Este é um dos mais antigos jardins botânicos do mundo, inaugurado em 1544.

4. Milão

principais destinos turísticos da Itália
A luxuosa galeria possui quatro andares e fica bem no centro de Milão. Seu nome homenageia Victor Emmanuel II, o primeiro rei do Reino da Itália

A cosmopolita cidade de Milão, capital da Lombardia, fica localizada no norte da Itália, e é conhecida como sendo o reduto fashion do mundo. É em Milão que encontra-se a magnífica Catedral de Milão, a terceira maior do planeta. Sua elaborada construção, no estilo gótico e de forte influência francesa, teve início no ano de 1386. Por outro lado, ao visitar a igreja de Santa Maria della Grazie, você irá encontrar uma das maiores e mais famosas obras de Leonardo da Vinci – a Última Ceia.

Não deixe de passear pelo famoso e vibrante Quadrilatero d’Oro, uma região clássica que concentra as mais belas lojas de grife da cidade. É nesta região que encontra-se um dos shoppings mais antigos do mundo – a luxuosa Galleria Vittorio Emanuele II. O local, que é formado pelo cruzamento de duas ruas com uma linda cúpula no centro, tem o chão decorado com belos mosaicos e possui diversas lojas e restaurantes em seu interior.

5. Costa Amalfitana

lugares para visitar na Itália
A Costa Amalfitana é um destino popular de férias, com penhascos e uma costa acidentada, na qual se destacam pequenas praias e vilas de pescadores

A Costa Amalfitana é uma região litorânea estonteante, que se estende pela Península Sorrentina, localizada no sul da Itália. Sem dúvida, um dos lugares mais bonitos da Itália. Comece sua viagem pela pitoresca cidade de Positano, onde belíssimas casas coloridas se destacam entre a encosta rochosa e o mar azul. Da mesma forma, a cidade de Ravello é conhecida por conta de suas construções espetaculares e cenários encantadores com vista para o mar. O verão é a estação que atrai grande parte dos milhares de turistas que visitam a região ao longo do ano.

6. Florença

Faça viagens espetaculares pela Europa. Fale com a Mar-Tha Rio!
O museu da Galleria degli Uffizi divide-se em várias salas, e exibe obras do século XII ao século XVIII, com a melhor coleção do mundo de obras do Renascimento

Uma passada por Florença é indispensável para todos que viajam para a Itália. Florença é uma cidade que respira arte e é repleta de maravilhas arquitetônicas. Inclusive, a cidade muitas vezes é referenciada como sendo um gigantesco museu a céu aberto.

O domo da bela catedral de Santa Maria del Fiore é, reconhecidamente, o maior domo de alvenaria do mundo, bem como uma obra de arte atemporal.

Não deixe de passar pela histórica Ponte Vecchio, que corta o Rio Arno. A visão que você terá deste local ao entardecer será, sem dúvida, um cenário inesquecível. Descubra mais sobre a Ponte Vecchio neste outro artigo em nosso blog!

Outro ponto indispensável na cidade é a Galleria degli Uffizi, um palácio que abriga um dos museus mais antigos do mundo. O museu exibe verdadeiros tesouros da arte renascentista.

7. Cinque Terre

lugares mais bonitos da Itália - Faça viagens espetaculares pela Europa
Cinque Terre é um conjunto de vilas centenárias à beira-mar na acidentada costa da Riviera Italiana

Este belo local fica localizado em uma magnífica zona litorânea, repleta de cenários pitorescos e 5 pequenos vilarejos medievais: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare. Os vilarejos são banhados pelo golfo de Gênova, capital da região. Cinque Terre fica ao norte da Toscana, uma das zonas mediterrânicas mais intocadas da Ligúria e da Costa Tirrena. Esta região é também repleta de extensos vinhedos, como por exemplo os que são encontrados no distrito de Manarola. Não deixe de degustar os excelentes vinhos produzidos nesta região, que é um dos lugares mais bonitos da Itália.

Como não poderia deixar de ser, Cinque Terre oferece um número enorme de praias, que costumam agradar a todos os gostos. A maior praia da região e a preferida entre os turistas é Monterosso, além de ser a única na área que contém areia em sua faixa costeira. Grande parte das praias são cobertas por pedras, umas com pedras maiores, outras com pedrinhas pequenas e arredondadas.

Leia Mais:

8. Sicília

Faça viagens espetaculares pela Europa. Está buscando lugares para visitar na Itália? Fale com a Mar-Tha Rio
Sicília, a maior ilha do Mediterrâneo, fica perto da ponta da “bota”, que simboliza o formato da Itália

A Sicília, maior ilha do mar Mediterrâneo, é uma das regiões mais singulares de toda a Itália, rica em belezas naturais variadas e banhada por águas cristalinas. Palermo é a maior cidade da ilha, bem como sua capital.

A Sicília é muito famosa por conta de sua gastronomia, rica em frutos do mar, e que se apresenta com fortes influências gregas, espanholas, francesas, árabes e, claro, italianas. Inclusive, esta região é uma das que mais exportam azeite de oliva no mundo, e as oliveiras são tratadas pelo povo local com extremo respeito e admiração. A época da colheita das azeitonas é um momento de extrema celebração para o sicilianos. Descubra mais sobre a culinária italiana neste outro artigo.

Não deixe de conhecer o Vale dos Templos, que apresenta vestígios de uma série de templos gregos antigos, todos construídos no estilo dórico. Este sítio arqueológico, que fica em um cume de frente para o mar, é uma das principais atrações da Sicília.

9. Nápoles

um dos lugares mais bonitos da Itália - lugares para visitar na Itália
Nápoles fica próxima ao Monte Vesúvio, vulcão ativo que destruiu a cidade romana de Pompeia

Diferentemente da maioria das cidades italianas, Nápoles é uma cidade bem colorida e conta com uma personalidade própria. A região onde está localizado o Porto de Nápoles é o coração da cidade, e também é um dos lugares mais bonitos da Itália. Você pode passar horas caminhando pelos decks, enquanto observa o imponente Monte Vesúvio na paisagem ao fundo. O Porto de Nápoles é uma área vibrante, repleta de bares e restaurantes. Não deixe de se deliciar com as tradicionais pizzas napolitanas.

Conheça mais sobre a história de Nápoles e visite o Museu Arqueológico Nacional, que abriga uma extensa coleção de artefatos antigos, afrescos, mosaicos, esculturas de bronze, e muitas outras peças da época do Império Romano. Além disso, há no museu uma grande coleção de achados pertencentes à antiga cidade de Pompéia, que foi completamente destruída após a grande erupção do Vesúvio, em 79 d.C.

Aproveite também para conhecer o Castel Nuovo e suas 5 suntuosas torres de pedra, à beira da baía de Nápoles. É possível avistar este castelo de vários pontos da cidade. Localizado próximo à famosa Piazza del Plebiscito, o Castel Nuovo já foi residência de reis e é um dos principais locais históricos de Nápoles. É possível fazer um tour guiado pelo castelo e subir até o topo das torres para contemplar uma visão panorâmica de Nápoles e das regiões ao redor da cidade.

10. Verona

principais destinos turísticos da Itália
Os turistas podem aproveitar para explorar os outros cômodos da Casa da Julieta, em Verona

É inegável que Shakespeare imortalizou a cidade histórica de Verona no clássico literário Romeu e Julieta. Então, ao visitar a romântica Verona, siga a tradição e dê uma passada no museu Casa di Giulietta (Casa da Julieta) para ver de perto a famosa sacada que foi eternizada como sendo o local onde o casal apaixonado trocava juras de amor. É no jardim deste local que você poderá ver a famosa estátua de bronze que simboliza a personagem de Shakespeare. A estátua de Julieta, inclusive, é muito famosa por conceder sorte no amor àqueles que tocam seu seio direito. O interior do imóvel também pode ser visitado, e conta com vários trechos da história de Romeu e Julieta escritos pelas paredes, mobílias antigas, quadros, dentre outros ítens. A casa é uma construção do século 13 que, originalmente, pertenceu à família Dal Cappello.

Contudo, esta cidade italiana é repleta de outros locais interessantes. Nas colinas ao norte de Verona, por exemplo, você encontrará belíssimos vinhedos. A produção de diferentes estilos de vinhos de excelente qualidade e sabor já acontece nesta região há milênios. Inclusive, se você aprecia os vinhos italianos, poderá programar sua visita pela cidade durante a Vinitaly, uma das feiras de vinho mais importantes do planeta. A feira acontece anualmente em Verona, desde a sua primeira edição, em 1967. (Site oficial)

Gostou desta matéria? Compartilhe nosso conteúdo com outras pessoas utilizando os botões no canto direito da tela. Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

Read more